Métodos

NÓS SOMOS FAMÍLIA

Construimos processos criativas, ativamos ideias e pessoas em crescimento

Práticas como dança, arte terapia, acupuntura, fisioterapia, fonoaudiologia são algumas de nossas atividades e métodos que auxiliam em um estilo de vida mais ativo, e em alguns casos até suprimindo até em 80% os sintomas da doença de Parkinson.

FISIOTERAPIA

A fisioterapia no Parkinson tem um papel muito importante no tratamento da doença pois proporciona uma melhora no estado físico geral do paciente, tendo como objetivo principal com a restauração ou manutenção da função e incentivo à realização das atividades de vida diária de forma independente, dando assim uma melhor qualidade de vida.
LEIA MAIS

Fonte: Gabriela Martins/ fisioterapeuta


 

FONOAUDIOLOGIA

A prática diária de fonoaudiologia é importante para o portador de Parkinson , pois auxiliam na melhora da auto - estima e da qualidade de vida relacionadas a voz, a fala e a deglutição.
As orientações e os exercícios fonoterápicos podem provocar uma voz mais forte, uma fala mais clara e compreensível e uma deglutição mais eficiente e segura.
Prevenindo os engasgos, muito frequentes nesta população.

Fonte: Bárbara Carvalho de Macedo / Fonoaudióloga


ACUPUNTURA

“Verificamos uma evolução positiva em quase todos os quesitos analisados”, reforçou o fisioterapeuta, em entrevista ao Jornal da Unicamp.
De acordo com ele, esses resultados podem contribuir para a qualidade de vida dos portadores de Parkinson, um problema crônico e degenerativo. Mais: o tratamento pela medicina tradicional chinesa possui poucas contraindicações e efeitos colaterais mínimos. Sem contar que pode ser associado a remédios ou técnicas de fisioterapia.

Fonte: https://saude.abril.com.br/bem-estar/acupuntura-para-quem-tem-parkinson/


 

AULAS DE DANÇA

Os benefícios da dança para o alívio dos sintomas motores, o bem-estar, a autoestima e a socialização de pacientes com doença de Parkinson têm chamado a atenção de pesquisadores e profissionais da saúde de todo o mundo. Ao juntar a atividade física com a arte, a atividade tem se mostrado um complemento promissor ao tratamento tradicional da doença, que inclui medicamentos, fisioterapia e, por vezes, cirurgias.

Fonte: http://www.ufrgs.br/secom/ciencia/pesquisa-analisa-efeitos-da-danca-sobre-os-sintomas-do-parkinson/


OFICINAS DE ARTE TERAPIA

Conversa em documentário feita pela rede Globo, relatando movimentos sociais promovedores de saúde pública, citamos um artigo com a artista plástica Ariclê Tosin, que através do voluntariado e da arteterapia está estimulando pacientes com Parkinson com a arteterapia, promovendo aos pacientes benefícios talvez até maiores que qualquer remédio.

Fonte: http://redeglobo.globo.com/rpc/noticia/2016/05/artista-plastica-ajuda-pacientes-de-parkinson-com-arteterapia.html

ENTRE EM CONTATO

Tire sua dúvida, sobre o que você quer falar, o que esta precisando?


    ENVIE UMA MENSAGEM:

    Copie o código no espaço abaixo: captcha

    Loading